Arquivo | Política RSS for this section

BASTA LER, PENSAR E ANALIZAR …

Senhor Prefeito interino (Leandro do Correio) em um de meus post você disse que quem te conhece sabe que jamais iria ser manipulado ou pegar dinheiro ou dar dinheiro, pois você não tem e que ganhou para vereador sem gastar nada, além da sola do sapato…?
Mas aqui agora vai uma pergunta minha e que muitas pessoas gostaria de saber, se você não tinha dinheiro quando foi candidato a vereador de onde está vindo o dinheiro agora, já que vocês estão fazendo uma campanha de porte para deputado…?

(moderador do blog)   Pra ver como é  desde o dia que postamos no blog, ele nem se quir deu uma satisfação em outro post uma hora após ele tentou se defender, mas uma coisa digo aqui, quem cala consente, ele nunca irá dar uma explicação, existe um velho ditato, me diga com quem tu andas que eu te direi quem tu és.

Anúncios

AGORA É PRA VALER, DESTA VEZ É 23

AGORA É PRA VALER, DESTA VEZ É 23

Scan

Nova eleição em General Salgado será realizada no dia 2 de junho de 2013

                              LEIS, DECRETOS E RESOLUÇÕES

RESOLUÇÃO N.º 274/2013

O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÂO PAULO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 30, inciso IV, do Código Eleitoral e tendo em vista a decisão que determinou a anulação da eleição majoritária no município de General Salgado ocorrida em 7 de outubro de 2012, resolve expedir as seguintes instruções:

Art. 1º – A nova eleição para Prefeito e Vice-Prefeito no município de General Salgado será realizada no dia 2 de junho de 2013, utilizando-se do sistema eletrônico de votação e totalização.

Art. 2º – À referida eleição aplicar-se-ão, no que couber, os dispositivos da legislação eleitoral vigente, assim como todas as Instruções do Tribunal Superior Eleitoral para o pleito de 7 de outubro de 2012.

Art. 3º – Poderão votar no pleito os eleitores inscritos no município até 2 de janeiro de 2013.

Art. 4º – Poderão concorrer os eleitores filiados a partidos políticos e com domicílio eleitoral no município até 2 de junho de 2012.

Art. 5º – As condições de elegibilidade dos candidatos e as causas de inelegibilidade serão aferidas no momento da
formalização do pedido de registro da candidatura, ressalvadas as alterações fáticas ou jurídicas supervenientes ao registro que afastem a inelegibilidade. Parágrafo único. A desincompatibilização nas hipóteses legais deverá ocorrer até o dia seguinte à escolha do candidato na convenção partidária.

Art. 6º – Não poderão participar da eleição tratada nesta Resolução os candidatos, assim como  os integrantes da mesma chapa, que deram causa à nulidade dos pleitos de 7 de outubro de 2012.

Art. 7º – O prazo para a entrega em cartório do requerimento de registro dos candidatos encerrar-se-á improrrogavelmente às dezenove horas do dia 3 de maio 2013. No mesmo dia em que receber os pedidos, o chefe do Cartório Eleitoral afixará o edital para ciência dos interessados, passando a correr o prazo para impugnações, previsto no artigo 3º da Lei Complementar nº64/90.

Art. 8º – Até o dia seguinte do prazo previsto no artigo anterior, o Juiz proferirá sua decisão, se não houver impugnação.

Art. 9º – Havendo impugnação, que será imediatamente certificada pelo Chefe do Cartório, começará a correr, após a devida notificação, o prazo de sete dias para a contestação, observado o disposto nos artigos 4º a 6º da Lei Complementar 64/90, cabendo ao Juiz decidir até o dia seguinte o pedido de registro.

Art. 10 – No caso de recurso, após o devido processamento, os autos serão enviados a este Tribunal, por pessoa designada pelo Juiz Eleitoral, sendo o feito distribuído no mesmo dia em que for protocolado e encaminhado à Procuradoria Regional, para emitir seu parecer. O Relator terá o prazo de um dia para apresentar o processo a julgamento, mediante publicação de pauta no local de costume.

Art. 11 – Os demais prazos para a prática de atos eleitorais, com exceção dos prazos processuais previstos na Lei
Complementar nº 64, de 18 de maio de 1990, e dos relativos a domicílio eleitoral e filiação partidária dos candidatos ficam reduzidos à terça parte de sua duração, desde que superiores a três dias, arredondando-se para mais a fração igual ou superior a 0,5 (meio) e para menos a inferior, conforme estipulado no calendário anexo.

Art. 12 – Nos dezessete dias anteriores à antevéspera da eleição, as emissoras de rádio e de televisão reservarão horário
destinado à divulgação, em rede, da propaganda eleitoral gratuita, nos termos do disciplinado pelos artigos 44 a 57 da Lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1997.

Art. 13 – As entidades e empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativas às eleições ou aos candidatos, para conhecimento público, são obrigadas, para cada pesquisa, a registrar junto ao Juízo Eleitoral, até cinco dias antes da divulgação, as informações previstas pelo artigo 33 da Lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1997.

Art. 14 – A Junta Eleitoral será presidida pelo MM. Juiz da 168ª Zona Eleitoral – General Salgado.

Art. 15 – O Juiz Presidente fica autorizado a nomear os Membros e demais componentes da Junta Eleitoral até o dia 13 de maio de 2013. Parágrafo único. As nomeações deverão ser comunicadas ao Tribunal Regional Eleitoral até 23 de maio de 2013.

Art. 16 – As mesas receptoras de votos serão constituídas por 4 (quatro) integrantes, sendo um Presidente, um Primeiro e um Segundo Mesários e um Secretário, a serem convocados e nomeados pelo Juiz Eleitoral até 13 de maio de 2013.

Art. 17 – Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Sala de Sessões do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, em 16 de abril de 2013.

(a) Desembargador Alceu Penteado Navarro – Presidente
(a) Desembargador Antonio Carlos Mathias Coltro – Vice-Presidente e Corregedor Regional Eleitoral
(a) Desembargadora Federal Diva Prestes Marcondes Malerbi
(a) Juiz Paulo Hamilton Siqueira Júnior
(a) Juiz Paulo Sérgio Brant de Carvalho Galizia
(a) Juíza Clarissa Campos Bernardo

Juiz Roberto Caruso Costabile e Solimene

CALENDÁRIO ELEITORAL
(Eleições de 02.06.2013)

Diário da Justiça Eleitoral – Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo. Documento assinado digitalmente conforme MP     n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.jus.br

Estamos em Reformas Aguardem novidades…..

estamos em obras

Como percebem tudo que já mudou está funcionando, estamos em reformas aguardem mais novidades…

VOTAMOS PARA QUÊ ?!?!

democracia

General Salgado é uma pequena cidade do interior de São Paulo, mais precisamente no noroeste do estado e que nesta última eleição fez valer seu desejo de mudança elegendo como prefeito um candidato do partido “DEM” DEMOCRATAS 25. O povo salgadense com sede de mudanças e esperança de uma cidade melhor foram às urnas e mostrou sua real intenção de voto, as diferenças de percentuais foram gritantes: 63% para o primeiro candidato em relação ao segundo, numa disputa de 3 concorrentes. Mas, o direito do cidadão parou nas urnas mesmo e a tão dita “democracia” mais uma vez se mostrou um direito que somente existe nos papéis, nas leis, nos poemas, enfim, no dicionário… já que a pessoa eleita pelo povo foi barrada pela Justiça Eleitoral de assumir seu cargo.

Não sou contra a Lei da Ficha Limpa, mas também não sou a favor de uns poucos que por deterem poder nas mãos acham que podem fazer o povo de “bobo”, se o registro da candidatura foi aprovado, a política foi feita, os votos conquistados, porque o direito de voto do povo não valeu nada? Quem será que enganou ou quem será que foi enganado nessa história? De que vale dizer que moramos num país democrático se nem o direito de voto é garantido por lei? E que lei é essa que hora diz uma coisa e logo depois diz outra? Essas são apenas algumas das perguntas sem respostas que o povo de General Salgado gostaria de ter as respostas.

A resposta mais óbvia seria a controvérsia que a justiça eleitoral fez, pois se antes das eleições o candidato estava apto, porque depois de ganhar nas urnas ele não pode assumir mais o cargo, mas ai surge mais uma pergunta; isso é democracia ou ditadura?

Vergonha Para General Salgado

Mala preta

Supostamente a mala preta correu na eleição de presidente da câmara em General Salgado, é uma vergonha para nós salgadenses ter que aceitar o que está acontecendo em nossa cidade,  depois de Ramiro ter perdido duas eleições para  Katiazão e uma para David, onde todos  na rua ouviam falar da rivalidade entre ambos que  agora teve um desfecho surpreendente, aliaram-se vereadores de Ramiro e  Katiazão e um vereador de David  para eleger Leandro do correio como presidente da câmara o que lhe confere poderes como prefeito, mas ele será o prefeito tampão para cobrir a sujeira do ex-prefeito Katiazão e será também mandado por Ramiro,  é uma vergonha.  Agora povo salgadense, pare e pense, supostamente a mala preta correu, pois Grilão vereador eleito do lado de David passou para o outro lado!  Leandro  sempre falou que quer trabalhar por General Salgado e aceitou uma coisa desta… mas nesta hora ninguém pensa no povo e sim no próprio bolso … Vergonhoso!!!  O povo sabe o que é melhor para nossa cidade,  já foi resolvido nas urnas, mas vimos que a democracia não esta na mão do povo, isto já virou caso de polícia. Só esperamos que esta formação de quadrilha não aconteça novamente, eleitor quando for votar em vereador em 2016 pense nestes eleitos pelo povo e que nesta hora só pensaram neles, como diz um velho ditado a esperança é a última que morre, acreditamos que somente David  pode acabar com a máfia que temos dentro desta prefeitura hoje. David estamos com você.

ESPERANÇA DE GENERAL SALGADO MELHOR

Nem tudo ainda está perdido ainda , acreditamos que há chances de DAVID ser nosso prefeito, perdemos uma batalha mas não a guerra, a família 25 confia em você DAVID,  pode contar com nosso apoio.   Já sabemos que uma nova eleição pode ser marcada, existe boatos que irá ter vários adversários, pois estes não deve estar em seu juízo perfeito, a câmara já é do 25 e temos fé em DEUS que tudo dará certo .

APOIAMOS O


Índice

FAMÍLIA  25  SEMPRE UNIDA

 

Deixe seu comentário ou mande dicas, criticas ou sugestões para   anonimatogs@hotmail.com